Conheça os tipos de incenso ideais para cada ambiente

Quem não ama aquela sensação de ambiente cheiroso, arejado e purificado? Cada dia mais pessoas buscam meios de trazer aquela paz e bem-estar para a casa e o trabalho, e o Oriente já nos ensinou há muito tempo muitos métodos de trazer essas sensações agradáveis para o nosso convívio.

Uma delas é conhecendo os variados tipos de incensos! Acompanhe a leitura e descubra uma série de dicas que o blog Decohouse preparou para você viajar por aromas incríveis e qual escolher em cada sensação.

A importância do incenso

A ideia de purificação é vital para todas as filosofias e religiões, especialmente no Oriente, de onde vem as diversas variedades de incensos que conhecemos, e acendê-los, lá, faz parte do dia a dia das mais diferentes culturas.

Os povos antigos atiravam pedaços de madeira nas fogueiras ou queimavam diferentes tipos de resina. Em algumas religiões, esses atos eram tidos como uma maneira de purificar as diferentes matérias da natureza; em outras, o aroma agradável era considerado uma forma de higiene e de purificação dos pensamentos, além de os aromas serem muito utilizados como oferendas para os deuses ou mesmo para os antepassados, como no caso do xintoísmo, no Japão.

Aqui no Ocidente o incenso ganhou muita popularidade ligada à yoga e à meditação, com um estilo mais zen, mas existem diferentes tipos de incensos e usos que vale a pena:

Incenso massala – zen e purificador

É produzido com o conjunto de duas ou mais especiarias para formar uma massa que pode levar flores, ervas e pedaços de madeira. Ele costuma ter um cheiro mais floral e bem agradável.

É uma ótima opção para se acender em ambientes mais fechados, por ser bem suave e de queima lenta, ideal para a concentração.

Palo Santo – a madeira sagrada

O palo santo é uma árvore peruana com diversas propriedades místicas para os povos originários. Suas lascas têm um aroma doce e penetrante que é muito apreciado no mundo inteiro.

Muitas pessoas consomem o palo santo in natura, comprando lascas secas para queimar em casa. Por ter um odor mais profundo, vale a pena evitar queimá-lo perto de coisas que possam pegar cheiro. O ideal é queimar o palo santo com o ambiente aberto e bem arejado.

Suas propriedades xamânicas sempre foram usadas para purificação, sendo um grande protetor da casa e do trabalho.

Citronela – refrescância e proteção

Essa é uma planta muito famosa pelo seu aroma refrescante e suas propriedades repelentes e calmantes, muito apreciada nos climas tropicais do mundo inteiro.

Tem um aroma purificador e é usada especialmente durante o verão, não só para espantar os insetos mas também para refrescar o ambiente.

Carvão vegetal – sofisticação e ritual

O carvão vegetal é comum na queima de resinas aromáticas como o breuzinho e o olíbano, que têm cheiro intenso e é muito comum em ambientes religiosos, como terreiros e igrejas católicas. Por ter um tom mais forte e especialmente pela queima do carvão, não deve ser aceso em ambientes internos.

O tipo mais comum de incenso que vemos por aqui também tem carvão vegetal na sua base, são aqueles mais simples, de vareta fina. Seu uso deve ser evitado ao máximo em ambientes fechados pouco arejados, pois podem conter elementos tóxicos.

Existem outros tipos populares de incenso consumidos in natura, como os bastões de salvia, lascas de estoraque, sândalo e outras madeiras e ervas populares.

O melhor tipo de incenso para cada ambiente – saiba qual escolher

Para cada atividade existe aquela propriedade aromática ideal para auxiliar. É interessante conhecer mais de perto alguns dos tipos de incenso mais populares:

  • Gerânio: tom floral muito apreciado, adocicado e suave. Suas propriedades antibacterianas e o aroma que é muito comum em produtos de limpeza fazem dele o cheirinho de casa limpa ideal para acender depois da faxina do sábado de manhã;
  • Patchouli: planta oriental que sempre esteve fortemente ligada com a conquista, a influência, o lado masculino do ying e yang e as propriedades exóticas. Muito popular em ambientes de vendas e fechamento de negócios importantes;
  • Olíbano: entre seus diversos atributos, essa resina é considerada sagrada, com poder de elevação do pensamento, da auto-estima, e tem influência nas propriedades respiratórias.
  • Citronela: a mais querida nos ambientes tropicais, afasta insetos, refresca e purifica o ambiente com tons cítricos.
  • Lavanda: seu cheiro agradável é muito popular em diversos artigos de higiene pessoal. Tem grandes propriedades calmantes, especialmente para estimular o sono.
  • Arruda: muito querido das simpatias: evoca proteção contra ameaças espirituais.
  • Mirra: ativa a intuição e a criatividade, muito popular em ambientes como ateliers.
  • Alecrim: um dos favoritos na hora de meditar. Seu aroma intenso e purificador é ótimo para manter a mente concentrada e ajudar no controle da respiração.

Existem dezenas de aromas e propriedades inconfundíveis que você pode explorar em sua jornada pelo mundo da aromaterapia. O que não pode faltar é um incensário lindo e decorativo.

Se for utilizar palo santo e incensos de carvão, é importante escolher um incensário com cúpula, de preferência em barro, que não esquenta em excesso. Escolha um incensário que colete as cinzas e evite que o vento faça elas voarem pela casa.

Os incensários verticais são bons para ajudar a posicionar melhor a direção da fumaça, mas é importante que você jamais a respire diretamente. Qualquer incenso deve ser queimado com o ambiente o mais arejado possível.

No comércio, o ideal é queimar o incenso em um lugar arejado na entrada, para que o aroma fique mais difuso mas presente o suficiente para captar a atenção dos clientes.

Já na casa, posicione o incensário num lugar central. Se for meditar, antecipe um pouco a queima do incenso, para entrar no ambiente bem aromatizado e preparado. Se tiver dificuldades em se concentrar, além dos aromas, você pode usar uma mandala para ajudar a se focalizar.

Algumas tradições dizem que o interessante é queimar incensos diariamente, no mesmo horário e no mesmo local, para criar um ambiente mais harmonizado.

Se você busca aproveitar as propriedades aromáticas genuínas dos incensos, é importante buscar por artigos naturais ou in natura, os incensos artificiais reproduzem apenas os aromas, sem fins terapêuticos.

Ficou inspirado(a) em harmonizar seu espaço? Os incensos vão trazer toda uma nova dimensão de aromas para tornar seu ambiente ainda mais aconchegante e produtivo. Aqui na Deco House nós somos apaixonados por cada carinho com a casa e trazemos todas as semanas publicações sobre o mundo da decoração.

Que tal saber mais sobre como montar um espaço zen ideal para o seu cantinho? Não deixe de acompanhar nossas postagens! Até a próxima!

Como aliviar o estresse: 5 dicas para equilíbrio emocional

Em meio a rotina agitada, como aliviar o estresse é uma pergunta frequente entre os jovens e adultos. A rotina exaustiva que permeia a sociedade atual e o perfil multitarefa da Geração Y (pessoas nascidas a partir dos anos 80) ocasionam muitas vezes a sobrecarga emocional.

Os adultos nascidos entre 1980 e 2000 cresceram com múltiplas informações ao seu redor e com o amplo desenvolvimento à tecnologia, fazendo com que se tornassem ansiosos e, muitas vezes, sobrecarregados fisicamente e emocionalmente. 

Felizmente, pequenas mudanças na rotina podem contribuir para a melhora no equilíbrio emocional, proporcionando uma vida ainda mais feliz e relax

Quer saber mais? Siga a leitura do artigo e acompanhe 5 dicas para aliviar o estresse.

 

5 dicas que ensinam como aliviar o estresse

 

1) Desconecte-se

 

Você já refletiu em relação ao tempo que passa em frente às telas? Vamos fazer um cálculo rápido: se você trabalha em um escritório, provavelmente utiliza um computador para trabalhar. Desta forma, cerca de 8 horas de seu dia certamente serão em frente a uma tela. Além disso, é muito provável que você tenha redes sociais. Estudos indicam que no mundo todo, as pessoas gastam quase 150 minutos por dia nas redes sociais. No Brasil, os números são ainda mais elevados: 225 minutos por dia nas redes.

Desta forma, estaríamos destinando aproximadamente 11 horas de nosso dia com redes sociais, e-mail, WhatsApp, Netflix, sites em geral. Por mais divertido que pode parecer, a rotina em frente às telas é exaustiva. Ao chegar em casa, permita-se desconectar: cozinhe, leia um livro, regue as suas plantas, cante no chuveiro. Menos tempo conectado é sinônimo de mais tempo fazendo o que você gosta.

 

2) Pratique a atividade física que você gosta

 

Você já deve estar cansadx de saber que a prática de exercícios físicos é essencial. No entanto, nós sabemos que determinadas atividades podem ser entediantes. Descubra novas modalidades, arrisque-se! A musculação é muito importante para a nossa saúde, no entanto, existem inúmeras outras atividades a nossa disposição. Experimente andar de bicicleta no parque, praticar yoga, fazer funcional, dançar em uma escola, fazer luta ou patinação. Movimente-se! 

 

3) Medite

 

A meditação é uma ferramenta valiosa para o alcance do equilíbrio e do bem-estar. Com a prática diária das técnicas, é possível aumentar a concentração e diminuir a ansiedade. No YouTube, encontramos diversos vídeos com meditação guiada. Além disso, você também pode procurar casas de Yoga em sua cidade e fazer aulas presenciais.  Aqui no blog temos um artigo que fala sobre isso, clique aqui para ler.

 

4) Use florais

 

O princípio dos florais consiste em compreender que as doenças – físicas e emocionais – surgem a partir do desequilíbrio emocional, que altera a nossa energia. Desta forma, existem inúmeros tipos de florais – medicamentos a base de plantas e flores – que ajudam a lidar com diferentes tipos de problemas, como por exemplo o estresse, a ansiedade, entre outros problemas frequentes em nossa sociedade. 

 

5) Busque apoio emocional

 

Como vimos, existem diferentes ferramentas que contribuem para que possamos nos reconectar com o nosso “eu interior”. No entanto, não podemos nunca nos esquecer da importância de contar com profissionais especializados – os psicólogos. Eles são essenciais para preservar o equilíbrio emocional e também para nos auxiliar na busca de respostas que encontram-se em nosso “eu interior”. 

Além de todas essas dicas, coisas que sempre resolvem e são perfeitas para desopilar: fazer uma trip de final de semana, curtir momentos alegres com a família, descontrair com os amigos e, na real, tudo aquilo que nos faz mais felizes. Tire um tempo para você e good vibes only! 

 

Então, gostou das nossas dicas? Comente!

Como energizar a casa? Confira as dicas da Decohouse

Independentemente daquilo que você pensa ou acredita sobre “energia”, temos certeza que você já teve a experiência de entrar em uma casa ou em um prédio energeticamente “sujo”. Não estamos falando da sujeira física, aquela fácil de identificar e tratar – como o lixo ou a desorganização. Na verdade, nos referimos a “sujeira” relacionada às energias que um local nos transmite. 

No artigo de hoje, você compreenderá como energizar a casa de maneira simples e eficaz. Siga a leitura para saber mais! 


Por que você deveria energizar a casa onde você vive 


Você não precisa ter uma visão de raio-x para saber que um local possui uma energia pesada. Na verdade, sentimos isso quase de forma imediata: ansiedade, nervosismo,  dificuldade para respirar fundo são alguns dos sinais de que algo está errado.

A nossa casa é uma extensão de nosso corpo e de nosso espírito e, desta forma, manter as energias do local em equilíbrio é essencial. Por isso, se você deseja trazer mais positividade para a sua vida ou apenas melhorar o seu humor pelo ambiente, algumas pequenas mudanças podem ajudar a mover a energia velha e negativa, convidando vibrações positivas a entrarem em seu lar. 

Siga a leitura para saber mais! 


Entenda como energizar a casa com o incenso


O incenso é conhecido mundialmente por suas propriedades energizantes. Quando o incenso está aceso, podemos compará-lo com o envio de uma mensagem para atrair as forças espirituais que desejamos chamar. É por isso que existem diferentes tipos, sendo que cada um demanda forças específicas. Desta forma, podemos obter o efeito que desejamos no local que o qual os chamamos. 

Quando usamos incenso para limpar um lugar, estamos chamando as forças do universo  para remover influências negativas. Cada incenso é uma espécie de “ligação” que é respondida de acordo com a sinceridade do nosso pedido.

Os melhores incensos para purificar e energizar a casa são: 

  1. Incenso de arruda: serve para aumentar a segurança de si mesmo, trazendo proteção espiritual e eliminando possíveis negatividades no local.
  2. Incenso de alecrim: purifica os ambientes e contribui para que possamos abrir a mente aos acontecimentos.
  3. Incenso de cravo: além de purificar e trazer harmonia ao lar, o incenso de cravo abre caminhos e afasta possíveis negatividades que estão ao nosso redor.

Como energizar a casa com pedras


Assim como os incensos, as pedras também oferecem proteção espiritual e trazem consigo benefícios para a purificação de ambientes. 


  • Ametista: conhecida por suas propriedades protetoras, a ametista está ligada ao chakra da coroa, sendo útil em purificar a mente e na limpeza de pensamentos negativos. Muitas pessoas utilizam a ametista durante a meditação pois ela alivia o sintomas do estresse e da ansiedade. As propriedades da ametista que facilitam a intuição e a comunicação também podem ser aplicadas para aumentar a eficácia do trabalho.
  • Turmalina negra: reconhecida por ser uma pedra protetora, a Turmalina Negra age também contendo e neutralizando energias negativas. A pedra é um excelente cristal, pois fornece proteção e elimina energias negativas. Coloque-a em qualquer parte da casa, principalmente perto de computadores.  Por que? A maioria dos equipamentos eletrônicos, como celulares e computadores emitem ondas eletromagnéticas, uma energia sutil com a frequência de até 300 hertz. Nossos corpos absorvem essa energia e, em abundância, ela pode ocasionar um efeito adverso ao organismo, causando manifestações físicas como dores de cabeça, depressão, perda de memória, irritabilidade, fadiga e enfraquecimento do sistema imunológico.
  • Calcita azul: relacionado a concentração, o cristal pode ser utilizado em casa para auxiliar na melhora da intelectualidade e da atenção. Por isso, é interessante colocá-la em locais de estudo ou de trabalho, como por exemplo no home office ou em algum local de concentração.

Então, gostou das nossas dicas? Não esqueça de comentar! 

Chá natural: porque você deveria abandonar os sachês industrializados

It’s tea time! Seja você inglês ou brasileiro, se chegou até aqui, deve ser um amante do cházinho da tarde – ou da manhã, da noite, da madrugada… De fato, a bebida é apreciada em todo o mundo, tanto pelo sabor delicioso quanto pelos diferentes benefícios que apresenta a nossa saúde. 

Neste artigo, você entenderá porque deveria optar pelo chá natural ao invés dos sachês industrializados vendidos nos supermercados e, além disso, terá acesso a receitas que combatem problemas a nossa saúde e fortalecem o sistema imunológico.

Para saber mais, siga a leitura!


Entenda porque você deve optar pelo chá natural


Reza a lenda que foi na China, em 2.727 a.C., que o nosso querido chá teve origem, quando o Imperador Shen Nung fervia água para beber e as folhas de uma árvore caíram sob o líquido fervente. 

De lá para cá, é nítido o quanto a bebida se popularizou. Mesmo que você não resida na China ou na Inglaterra, o chá está presente nas prateleiras de qualquer supermercado.

Ao mesmo tempo em que a globalização da bebida é muito benéfica, nos deparamos com algumas questões não tão positivas. A que mais se destaca é justamente a industrialização do chá. 

Uma reportagem realizada pelo portal VivaBem demonstrou que apesar de preservar alguns nutrientes, o chá de saquinho é considerado um alimento industrializado. Desta forma, durante o processo de fabricação são perdidos polifenóis e vitaminas, como por exemplo a vitamina C, que é altamente volátil, além de diversos óleos essenciais, aroma e sabor.

Por isso, optar pelo chá natural é sempre a melhor opção para quem busca aliar o sabor delicioso do líquido com os nutrientes benéficos à saúde. Você pode encontrar o produto não industrializado em casas naturais e feirinhas orgânicas.


Chá natural é saúde: conheça 5 tipos que auxiliam o nosso organismo


1. Chá verde para prevenir o Alzheimer 


O chá verde ganhou popularidade devido aos seus benefícios para o emagrecimento, no entanto, são inúmeras as suas propriedades medicinais. Um estudo publicado pelo Journal of the American Chemical Society, em 2017, mostrou que um dos polifenóis presentes no chá verde – epigalocatequina galato – pode diminuir o risco da doença de Alzheimer.


2. Chá natural de jasmim para prevenir o envelhecimento precoce


O chá de jasmin possui um sabor delicado e inconfundível. Mas além do delicioso sabor, estudos mostram que a bebida possui um papel importante na prevenção do envelhecimento precoce – tanto da memória e dos sistemas de nosso corpo quanto da nossa aparência física. As folhas de jasmim possuem antioxidantes que protegem as células dos danos relacionados à idade.


3. Chá de camomila para relaxar


Em tempos de altos níveis de estresse diários, o chá de camomila pode ser um aliado para a rotina agitada. A camomila ajuda a acalmar o sistema nervoso, reduz o estresse e a tensão de todo o corpo, auxilia o sistema digestivo e aumenta a imunidade, sendo eficaz no combate a bactérias. Que maravilha, não é mesmo? Além de ficar mais zen, você ainda usufrui de inúmeros benefícios ao organismo! 


4. Chá natural de capim limão para a pele e os cabelos


Você já ouviu falar no chá de capim limão? Ele pode oferecer mais benefícios à saúde do que uma pílula de vitaminas e também é frequentemente usado como aromatizante para alimentos. A bebida ajuda o corpo a se livrar do colesterol, toxinas, gorduras e ácido úrico,  ajuda a baixar a pressão arterial, alivia a retenção de líquidos e é excelente para a saúde da pele e dos cabelos. 


5. Chá de tomilho para aliviar dores de cabeça


O tomilho é uma erva de jardim usada desde os tempos antigos, por apresentar características medicinais e culinárias. Ele é um remédio eficaz para dores de garganta, desconforto gastrintestinal e dores de cabeça. 

Conta pra gente: qual é o seu chá favorito?

O que é thetahealing e como a técnica pode lhe auxiliar

Você sabe o que é ThetaHealing ou já ouviu falar sobre o tema? A técnica promete uma cura energética, com o rompimento de crenças limitantes para uma vida mais próspera e feliz.

Neste artigo, explicaremos com mais detalhes o que é thetahealing e como a mesma pode lhe propor mais abundância em praticamente todos os aspectos de sua vida.

Siga a leitura! 


Afinal, o que é ThetaHealing?


Se você gosta de temas relacionados à espiritualidade, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre ThetaHealing. Mas você entende no que consiste essa técnica?

Através dessa terapia energética, conseguimos acessar todos os nossos bloqueios, medos, inseguranças e demais crenças que limitam nossas atitudes cotidianas e, muitas vezes,  nos auto sabotam

É comum ouvirmos de seus praticantes que o ThetaHealing é um transformador de vidas, pois modifica padrões e possibilita que tenhamos novas vivências e sensações. Para ter acesso a técnica, existem duas formas: a terapia guiada por um (a) profissional capacitado ou, então, a realização de cursos, os quais permitem que você tenha acesso às suas crenças limitantes por conta própria. 

O curso inicial para adentrar ao ThetaHealing se chama DNA Básico. Posteriormente, é possível realizar outros módulos para aprofundar o conhecimento sobre temas específicos, como o curso para busca de alma gêmea, manifestação e abundância – para entender quais as crenças que te impedem de ser abundante -, entre outros. . 

Agora que você já entendeu o básico sobre o ThetaHealing, vamos entender também uma explicação mais aprofundada sobre o tema?

O ThetaHealing consiste em uma técnica meditativa, onde o paciente e o terapeuta encontram-se em estado Theta de ondas cerebrais. De acordo com especialistas da área, estar em estado Theta é como aquele sentimento de felicidade e relaxamento que temos no momento em que entramos e saímos de sonhos, em um estado meditativo. 


Nossas ondas cerebrais transmitem 5 frequências, que podem variar de acordo com as ações de cada pessoa. São elas: beta, alfa, theta, delta e gama. 

O estado Theta permite que o indivíduo acesse o seu inconsciente, provocando meditação profunda, auto-cura, entrada para o subconsciente, melhora da intuição, da criatividade e da memória. Vale ressaltar, no entanto, que para acessar o estado Theta é imprescindível que o cérebro mude de um estado de alerta e consciente para um estado calmo e relaxado.


Quais os benefícios do ThetaHealing?


O ThetaHealing se popularizou muito nos últimos tempos. Aliás, temos certeza que você chegou até aqui pois ouviu amigos, conhecidos e/ou influenciadores digitais falarem sobre as vantagens da técnica. 


De fato, aqueles que praticam o Theta usufruem de diversos benefícios, tanto para a mente quanto para o corpo. Podemos destacar, por exemplo, o relaxamento profundo, alívio do estresse e da ansiedade. Além disso, a técnica promove a diminuição da frequência cardíaca, melhora das conexões emocionais, da criatividade e aumento da intuição.

Pessoas com problemas  físicos costumam buscar o ThetaHealing para remover as suas crenças limitantes e abrir espaço para a cura. Dessa forma, é comum verificarmos indivíduos utilizarem o Theta para a resolução de questões como a enxaqueca, asma, diabetes, cicatrização de feridas, reparo em ligamentos danificados e outros.

O estado Theta pode também proporcionar o combate de vícios, como o cigarro, drogas, álcool, medicamentos. Até mesmo hábitos ruins (como por exemplo o ato de roer as unhas, comer demais, procrastinar) podem ser alvo de melhorias através do ThetaHealing.

Ao realizar a terapia alternativa, você pode se beneficiar nos mais variados setores de sua vida. Através de técnicas específicas, o praticante de ThetaHealing irá lhe ajudar a promover transformações poderosas em sua vida pessoal e também profissional.

Conta pra gente: você já fez alguma sessão de ThetaHealing? O que achou? Comente!

Como aromatizar o ambiente naturalmente? Aposte nas plantas!

Foto: Brigitte Tohm

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como fazer aromatizador de ambiente caseiro. Muitos sites trazem tutoriais variados (e muitas vezes complexos) para garantir um cheirinho agradável ao apê. No entanto, você sabia que com pouquíssimos itens é possível tornar o seu cantinho muito mais cheiroso? Basta apostar nas plantas!

A natureza nos oferece flores que trazem um aroma delicioso para o lar. Neste artigo, você entenderá como utilizá-las! 

Siga a leitura. 

 

Entenda como fazer aromatizador de ambiente caseiro com plantas

 

Quem não ama uma planta na décor, né?! 

Determinados tipos de flores, como Lírios da Paz, Gérberas e Bromélias, ajudam a remover toxinas nocivas no ar e até mesmo melhorar a noite de sono, pois liberam oxigênio – é o que aponta um estudo realizado pela NASA

No entanto, o que muitas pessoas ainda não sabem é que determinados tipos de plantas podem promover um ambiente muito mais cheiroso, melhorando o humor das pessoas e mantendo uma atmosfera relaxante, através de seus poderes aromaterapêuticos

Assim, se você deseja ter um cantinho mais cheiroso, nem sempre é necessário ter em casa os aromatizadores de ambiente artificiais. Uma opção mais natural e duradoura é a utilização de plantinhas e flores especiais, que conferem um cheiro delicioso no apê.

Para saber quais as melhores opções de plantas aromatizadores, continue a leitura do artigo!  

Plantas cheirosas para apartamento: confira 5 opções

 

1. Lírio: a flor possui um perfume tão característico que costuma ser utilizada na produção de perfumes e cosméticos variados. Sua fragrância é mais sentida durante a noite, por isso, oferece ainda mais aconchego para o descanso após um dia exausto no trabalho! 

Foto: Dominika Roseclay

2. Azaléia: essa planta é uma ótima opção para cômodos do apartamento que recebem incidência direta do sol. Existem flores de diferentes cores, como a rosa, vermelha e branca. Escolha aquela que mais combina com a décor! 

Foto: Kaboompics .com

3. Camélia: se você possui uma varanda em seu apartamento, recomendamos (muito!) a camélia. Com um perfume sutil, a flor é recomendada para locais maiores e arejados, já que possui porte médio. A flor é linda e super delicada, conferindo um toque especial a sua casinha. 

Foto: Zhen Hu

4. Rosa: quando falamos sobre o aroma das flores, a rosa não pode ficar de fora, afinal, sua fragrância é única! Você pode cultivá-la ou então comprar semanalmente e colocar dentro de um vaso bonito. Dica: para a rosa durar mais, corte a base do caule na diagonal, facilitando a absorção da água.

Foto: Foto: Plush Design Studio

5. Angélica: por último, mas não menos importante! Provavelmente você ainda não ouviu falar da flor Angélica, mas já adiantamos: é uma ótima opção se você gosta de fragrâncias mais acentuadas! A planta deixa a casa perfumada o dia inteiro, tem porte pequeno (ideal para apartamentos) e pode ser encontrada em floriculturas especializadas.

Foto: perfume bighouse

E aí, gostou das nossas dicas? Comente!